Notícias

Segurança Pública promove reunião para tratar de questões relativas à aplicação do Enem

13/01/2021 - Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Na terça-feira, 12, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por intermédio da Superintendência de Segurança Integrada, promoveu uma reunião com o objetivo de alinhar as tratativas de construção do Plano Estratégico de Atuação Integrado de Segurança Pública (Peaisp) para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

Estabelecido em parceria com demais instituições, órgãos e agências, municipais, estaduais e federais, ligadas à segurança pública, o plano tem por finalidade instituir a Governança, a Gestão e o Processo de Atuação Integrada nas ações de segurança pública, para a aplicação do Enem 2020, que será realizado este ano devido à pandemia da Covid-19.

O Peaisp deverá orientar a elaboração dos protocolos de atuação integrada, matrizes de atividade e planos operacionais integrados das instituições, órgãos e agências, das medidas de prevenção sanitárias e da comunicação social, no intuito de garantir não somente a segurança dos candidatos que irão prestar o exame, mas também certificar que as forças de segurança integradas na ação estejam aptas e preparadas para lidar com um evento de grande porte, como será o Enem 2020. Estão inscritos quase 60 mil candidatos para realizar o exame, este ano, no Tocantins. 

Com o alinhamento e a padronização das ações, SSP e demais órgãos e instituições envolvidas no evento esperam garantir a tranquilidade dos participantes, antes, durante e após a aplicação do exame. O que possibilita que a prova transcorra de forma pacífica e organizada e assegura a integridade de profissionais e participantes. Para isso, é fundamental promover a atuação planejada, coordenada e integrada dos órgãos envolvidos na operação Enem 2020.

Durante mais de duas horas, os participantes debateram e alinharam as ações, além de terem estabelecido os critérios que serão adotados para que a operação transcorra dentro da normalidade.

Para o diretor do Sistema Integrado de Operações (Siop), delegado Ricardo Real, o encontro foi proveitoso, visto que foram discutidas e elaboradas as estratégias de segurança e também de saúde, que devem ser adotadas e que permitirão a realização do evento. Na ocasião, o diretor também fez questão de ressaltar que se trata de um evento com estrito controle, em decorrência da pandemia da Covid-19.

“Por se tratar de um período atípico, estamos tomando todas as providências para que os envolvidos na operação Enem 2020 possam estar tranquilos e focados em seus objetivos. Nessa intenção, a integração com as demais forças de segurança e também a de saúde é muito importante e necessária”, ressaltou o delegado Ricardo Real.

Além do diretor do Siop, a reunião também contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública; da Superintendência de Segurança Integrada; da Polícia Federal; da Polícia Rodoviária Federal; do Exército; das polícias Civil e Militar; do Corpo de Bombeiros Militar; da Guarda Municipal; da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana; dos Correios; do Consórcio aplicador (Cesgranrio); e do representante do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A aplicação do Enem ocorrerá em dois domingos, ficando estabelecidas as datas 17 e 24 de janeiro, a modalidade tradicional (impressa) e os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para os alunos que optaram pelo formato digital. Pela primeira vez, o Inep realizará o Enem Digital e a prova digital está prevista para mais de 96 mil participantes.

 

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate

Compartilhe esta notícia