Notícias

Governador Mauro Carlesse visita projeto de manejo sustentável do Rio Caiapó às vésperas do Dia do Pescador

29/06/2020 - Adetuc/Governo do Tocantins

O Tocantins é reconhecido como um dos estados com maior potencial para a prática da pesca esportiva no Brasil. Somente a bacia Araguaia-Tocantins possui uma extensão  aproximada de 2.500 km, com diversas áreas propensas a essa prática, além de lagos naturais e artificiais, como os que se formaram a partir da construção de hidrelétricas. No fim de semana que antecedeu o Dia do Pescador, 29 de junho, o governador Mauro Carlesse esteve em um destes pontos.

No sábado, 27, a convite do secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, o Governador conheceu trajeto do rio Caiapó, afluente do rio Araguaia, onde se desenvolve projeto de manejo sustentável. E foi recepcionado em Araguacema pela prefeita Isabella Simas, que apresentou parte do projeto.

Local considerado como importante berçário para inúmeras espécies, o trecho da ponte localizada na rodovia TO-442, na divisa entre os municípios de Araguacema e Caseara, até a foz do Caiapó, está com a pesca proibida em todas as modalidades, para garantir o repovoamento pesqueiro na região.

A proibição visa garantir a reprodução de inúmeras espécies, bem como a sobrevivência das famílias de pescadores que têm nesta atividade o único meio de adquirir renda e manter suas famílias. “A Portaria nº 045 do Naturatins [Instituto Natureza do Tocantins] busca reduzir a escassez do pescado naquela região. Por outro lado, o trabalho da Adetuc é estimular a exploração da pesca esportiva, que pode garantir novos postos de trabalho sem afetar o equilíbrio da biodiversidade nos recursos hídricos do Estado”, pontua Tom Lyra, ao enfatizar a importância dos pescadores, tanto os profissionais quanto os que se dedicam à modalidade esportiva.

Estímulo

Segundo a Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (Anepe), há mais de 280 mil pescadores amadores esportivos licenciados. Para intensificar o fomento a esta modalidade turística, a Adetuc iniciou, ainda em 2019, o projeto de Elaboração do Plano Estratégico e Operacional de Pesca Esportiva do Estado do Tocantins.

Entre as várias etapas do projeto, que conta com recursos do Programa de Desenvolvimento Regional, Integrado e Sustentável (PDRIS) por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), está a formação de guias de pesca para atuarem no Estado. “Oferecer novas oportunidades de trabalho e geração de renda é uma das metas do Governo Mauro Carlesse”, ressalta Tom Lyra, lembrando que o turismo doméstico será a bola da vez no processo de retomada do turismo nacional.

 

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate

Compartilhe esta notícia