Notícias

Reeducandas da Unidade Prisional Feminina de Talismã são aprovadas no Prouni

13/02/2020 - Erlene Miranda/Governo do Tocantins

O sonho de ter um diploma de nível superior é almejado por muitas pessoas, e atualmente o acesso a este ensino está mais facilitado. Exemplo disso, são as três reeducandas da Unidade Prisional Feminina (UPF) de Talismã que, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio para adultos Privados de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (Enem PPL), foram aprovadas no Programa Universidade Para Todos (Prouni).

As internas foram classificadas para receber bolsas integrais de ensino superior na modalidade ensino a distância, todas para o curso de Pedagogia. Duas delas na faculdade Unopar, câmpus Gurupi, e outra no Centro Universitário Claretiano polo de Porangatu, município de Goiás.

Segundo a diretora da unidade, Edionayr Cabral Silva, a gestão administrativa do estabelecimento penal está trabalhando para conseguir as condições necessárias para que as reeducandas ingressem na graduação. “Estamos buscando, com o Judiciário, a aquisição dos computadores para elas poderem cursar o nível superior dentro da UPF, pois como é 100% on-line, conseguiremos disponibilizar. Também solicitamos a autorização judicial para efetuarmos as matrículas e agora estamos aguardando”, esclarece.

As reeducandas aprovadas estão otimistas, segundo relata a diretora. “Elas não esperavam, não acreditavam que seriam capazes. A gente correu atrás de material e fez aula preparatória para que elas pudessem fazer a prova. Também houve incentivo para que elas não desistissem e a aprovação foi uma surpresa enorme”.

A gestora explica ainda que a aprovação das três apenadas tem servido como incentivo para as demais reeducandas da unidade. “Agora, todas falam em fazer o Encceja e o Enem, porque elas viram que são capazes por meio do exemplo das outras”, afirma a diretora Edionayr Cabral.

Uma das reeducandas, de 47 anos, concluiu o ensino médio na unidade. Foi a terceira vez que a apenada fez o Enem e, segundo ela, a aprovação foi uma surpresa. “É um sonho realizado, porque antes de estar aqui, eu não me preocupava em estudar. Mas agora é real, vou fazer universidade e seguir em frente”, garante.

Ensino na unidade

A unidade possui uma escola onde é disponibilizado ensino às reeducandas por meio da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). A unidade escolar é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) e a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). De acordo com a diretora da unidade, há projetos de expansão da escola, que atualmente conta com uma sala de aula. ”A educação é prioridade e o projeto de expansão vem para oferecer realmente um ensino de qualidade. A educação tem surtido um efeito positivo e temos notado uma melhoria enorme no comportamento das reeducandas”, afirma Edionayr.

Prouni

O Programa Universidade Para Todos (Prouni) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) em 2004, com o objetivo de oferecer bolsas de estudo integrais e parciais (50%), em instituições de ensino superior particulares, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, para estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Enem PPL

O Exame Nacional do Ensino Médio para Adultos Privados de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (Enem PPL) foi realizado entre os dias 10 e 11 de dezembro de 2019. O exame tem o objetivo de avaliar o desempenho dos participantes que concluíram o ensino médio. O exame também pode propiciar o ingresso ao ensino superior por meio de programas como Programa Universidade Para Todos (Prouni), Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

Compartilhe esta notícia