Notícias

Governo do Estado comemora legado social deixado pelo circuito “Bota pra Correr”

10/07/2019 - Seleucia Fontes/Governo do Tocantins

Representantes de alguns dos órgãos envolvidos na realização do Bota Pra Correr Olympikus fizeram um balanço de suas ações nesta quarta, 10. Foi unânime a avaliação positiva, não apenas da organização da competição, mas principalmente quanto a participação da comunidade local.

“Encerramos hoje, oficialmente, este projeto iniciado há três meses”, pontuou o presidente da Agência do Desenvolvimento da Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, reiterando que foi cumprida a meta estipulada pelo governador Mauro Carlesse, de estimular ações geradoras de emprego e renda no Estado.

O gestor levou a mensagem de agradecimento do governador em exercício, Wanderlei Barbosa, a todos os envolvidos no projeto, e ressaltou a participação de todos os envolvidos, além da presença da senadora Kátia Abreu no dia do evento.

“Ressaltamos que nosso acordo com a empresa organizadora foi de aproveitamento da mão-de-obra local, bem como uso do capim dourado nos troféus, o que foi prontamente atendido”, completou, lembrando ainda a atuação da prefeitura de Mateiros.

O diretor de biodiversidade do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Warley Rodrigues, ressaltou a importância da corrida como modelo para diversificar os produtos turísticos no Jalapão e enfatizou o menor impacto ambiental causado pela corrida no Parque Estadual.

Segurança

De acordo com o Major Delano, a atuação da Polícia Militar foi preventiva, com deslocamento prévio para análise da área, e ostensivo, com blitzen. “Pela magnitude do evento, registramos índices satisfatórios, sem ocorrências que comprometessem o sucesso da prova”, disse.

O Tenente Coronel João Pedro, do 5º BPM, lembrou a atuação de 16 homens, que resultou na apreensão de uma arma de fogo fora da área de competição. “O turista que visita o Jalapão está preparado para a rusticidade da região, mas não para a insegurança, e nós podemos garantir esta segurança”, comemorou.

Em nome do Corpo de Bombeiros, o Tenente Coronel Cleber Sobrinho ressaltou o trabalho interdisciplinar envolvendo várias pastas do Governo. “Estávamos preparados para o atendimento pré-hospitalar, mas felizmente não foi necessário”, afirmou ressaltando o preparo do Estado para receber grandes eventos.

Também foram parceiras na organização da prova, a Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto/Seinf), a Superintendência de Esporte da Secretaria de Educação, Juventude e Esporte, (Seduc), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Comunicação (Secom).

Nova edição

Pedro Guimarães, diretor executivo da Icons, empresa responsável pela organização do circuito de corrida do Jalapão, revelou que a prova contou com 198 participantes, mas a movimentação foi em torno de 400 pessoas, incluindo convidados e staff. “A corrida é o segundo esporte mais praticado no Brasil, perdendo apenas para o futebol, e a proposta da Olympikus é levar as pessoas a descobrirem o Brasil correndo”, revelou, ao contar que das três etapas do circuito ‘Bota pra Correr’, inserção do Jalapão foi a única exigência.

O diretor também agradeceu a todos os parceiros do Estado, em especial a Adetuc, que mobilizou as demais pastas, o Naturatins, que liberou a sede do Parque para a montagem da estrutura da prova, e as ações de segurança da PM.

Contou ainda que a repercussão entre os participantes tem sido muito positiva, incluindo elogios à equipe formada com moradores de Mateiros. “Conseguimos um impacto social, ambiental e econômico positivo”, festejou, enfatizando que o cenário natural da corrida foi o grande diferencial. “Levamos 60 veículos contratados no Estado, ocupamos hotéis e restaurantes locais e a feira de artesanato montada pela prefeitura de Mateiros resultou na venda de quase 700 peças, gerando uma receita em torno de R$ 40 mil”, resumiu

Pedro Guimarães disse ainda que está otimista quanto a continuidade do projeto no próximo ano, e a disposição de retornar ao Tocantins, em caso positivo.

Compartilhe esta notícia