Notícias

Escolas municipais aderem ao selo "Quem Educa, Faz!" da Secretaria da Educação

11/06/2019 - Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Mais de 130 projetos das escolas da rede municipal de ensino já foram inscritos no selo Quem Educa, Faz!. Das Diretorias Regionais de Educação, a que conta com mais projetos de escolas municipais inscritos é a de Araguaína, com 66.

Para o secretário municipal de Educação de Araguaína, José da Guia, o selo é um reconhecimento ao trabalho que os profissionais da educação vêm realizando. Ainda de acordo com ele, participar de projetos como o Quem Educa, Faz!, proporciona maior visibilidade do trabalho dos educadores. “O ambiente escolar é o local onde todos aprendem e desenvolvem suas capacidades de inter-relacionar-se, construindo, assim, múltiplos saberes. É muito importante transcender da escola ao conhecimento público aquilo que se produz no ambiente de trabalho”, ressaltou o secretário.

Quem Educa, Faz! é uma iniciativa do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que visa valorizar as pessoas que fazem a diferença na educação pública. A expectativa é que nos próximos dias o número de inscritos cresça.

“Estamos com três frentes divulgando o selo nas Diretorias Regionais de Educação. As nossas escolas estaduais e municipais já desenvolvem muitas práticas exitosas e o selo vem para fazer com que o conhecimento dessas práticas circule”, destacou a técnica da Seduc e coordenadora do selo, Maria Antônia Almeida Costa Andrade.

O selo também está sendo divulgado pela titular da Seduc, Adriana Aguiar, para os prefeitos municipais. “Quando recebemos os prefeitos aqui na Seduc aproveitamos para apresentar com mais detalhes o selo e mostrar a eles como o reconhecimento das ações e dos projetos inovadores nas escolas pode incentivar os professores a buscarem novas formas de ensinar”. 

Projetos

Os professores da Escola Municipal Thezilda Sampaio de Oliveira, de Taipas do Tocantins, têm quatro projetos inscritos no selo e já planejam inscrever novos projetos, é o caso da professora Ceciliana Bispo dos Santos. “Começamos a desenvolver o projeto Cineminha na Escola, que trabalha com filmes que abordam questões de valores e que tem promovido uma melhoria no comportamento dos alunos”, ressaltou.

Resgatar e trabalhar com brincadeiras populares no intervalo das aulas, esse é o objetivo do projeto desenvolvido pela professora Adriana Fernandes dos Santos, com os alunos do 3º ano, em 2018, e que também está sendo implementado neste ano. “Tivemos um envolvimento muito positivo dos alunos, tanto no resgate quanto na realização das brincadeiras”, apontou. 

Categorias

O selo conta com duas categorias para inscrição. A primeira categoria é Indicadores de Qualidade/Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), que abrange as subcategorias: Diretorias Regionais de Educação (DRE); escolas estaduais; secretarias municipais de Educação/escolas municipais; professores de Língua Portuguesa e/ou Matemática de 5º ao 9º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio.

Já a segunda categoria contempla os projetos pedagógicos das seguintes subcategorias: professores da educação infantil; professores do 1º ao 5º ano do ensino fundamental; professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental; professores do ensino médio; iniciativas pedagógicas – para servidores que atuam nas escolas, nas diretorias regionais de Educação e nas secretarias ,municipais de Educação.

Inscreva-se

As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de outubro no site da Seduc. Os autores dos melhores trabalhos serão agraciados com bonificação em dinheiro, placas e certificados; participação em intercâmbios culturais educacionais, estadual e interestadual; além da participação na cerimônia de premiação, em 2020, após a divulgação do Ideb.

Compartilhe esta notícia