Notícias

Normativa do Ministério da Agricultura altera dose da vacina contra febre aftosa

07/02/2019 - Dinalva Martins/Governo do Tocantins

A vacina contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos terá dose reduzida de 5 para 2 ml, atendendo normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A nova dose já será aplicada na próxima campanha de vacinação realizada no Estado, em maio deste ano, uma vez que a partir do dia 30 de março será proibido o uso da dose de 5 ml.

A medida está prevista no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa), que garante a retirada total da vacinação no Tocantins e no restante do país até 2021.

Para o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha, o ajuste na dose da vacina faz parte do processo de transição e trará redução de custos e de ocorrência de reação nos animais (caroços e inchaços). “É um grande avanço de muitos que estão por vir até que todo o processo da retirada da imunização seja finalizado. A previsão é de que a última campanha de vacinação seja realizada em maio de 2021”, destaca.

O inspetor agropecuário da Agência de Defesa Agropecuária, João Eduardo Pinto Pires, explica que, para a campanha de maio, o novo produto estará disponível nas lojas agropecuárias para atender toda a demanda. “A vacina existente deverá ser substituída por outra nova dose que será aplicada por animal e terá a mesma eficiência, e todos os envolvidos deverão ficar atentos para evitar falhas na cobertura vacinal”, disse.

Campanhas

O Governo do Tocantins realiza etapas de vacinação contra a febre aftosa nos meses de maio e novembro, além da agulha oficial na Ilha do Bananal, que ocorre de 1º de agosto a 30 de setembro.

 

Compartilhe esta notícia