Notícias

2ª edição da Feira Agrotecnológica de Almas supera expectativa de organizadores

16/04/2018 - Thaís Souza/Governo do Tocantins

Otimismo foi a palavra de ordem durante a Feira Agrotecnológica de Almas (AgroAlmas). A exposição ocorreu nos dias 13 e 14 de abril, no Colégio Agropecuário de Almas, e movimentou a economia local. Comparada à edição anterior, a feira superou o número de participantes. Foram mais de 15 estandes com expositores de diferentes segmentos. Além da comunidade local, participaram da feira produtores rurais, empresários, instituições financeiras, alunos das quatro unidades estaduais agropecuárias da região, escolas municipais e estudantes de Agronegócio do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e do curso de Zootecnia da Faculdade Católica do Tocantins.

João Albuquerque Filho, servidor do Instituto de Desenvolvimento do Tocantins (Ruraltins), destacou que, devido ao sucesso da AgroAlmas, a feira precisa ser reeditada. “Para 2019, buscaremos realizar uma ação ainda maior, envolvendo todos os produtores, as escolas e os empresários do sudeste tocantinense. Portanto, a Feira Agrotecnológica de Almas passará a se chamar AgroSudeste a partir do próximo ano”, disse, entusiasmado, o organizador.

Para a diretora do Colégio Agropecuário de Almas, Dolores Lima, “a expressividade dos resultados mostra a importância da união de esforços e do trabalho em equipe para viabilizar ações voltadas para o agronegócio”. A gestora explicou que os visitantes da feira puderam perceber a integração que existe entre produtores, empresas e unidades educacionais que trabalham com o setor.

Durante os dois dias, foram apresentadas tecnologias e novidades em máquinas, veículos e equipamentos agropecuários, insumos e resultados de pesquisas, além de demonstrações e lançamentos de novas variedades de cultivares. Também foram disponibilizadas linhas de crédito e financiamento voltados ao produtor rural, por meio de instituições financeiras. 

Palestras

Denominado Circuito da Pecuária Sustentável do Tocantins, a AgroAlmas ofertou aos produtores, técnicos  e estudantes das escolas estaduais agropecuárias de São Salvador, Natividade, Almas, Arraias e estudantes do curso de Agronegócio do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e Zootecnia da Faculdade Católica do Tocantins palestras sobre: Oportunidades na cadeia produtiva da pecuária de corte com a construção de matadouros frigoríficos; Plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) e suas contribuições para desenvolvimento de uma pecuária sustentável; Geração de renda a partir dos dejetos da pecuária: biofertilizantes, biogás e energia elétrica; e Linhas de financiamento do Programa ABC.

De acordo com a diretora de Políticas para a Pecuária, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Erika Jardim, mais de 100 pessoas passaram pelo circuito. “A expectativa foi alcançada, na medida em que pudemos apresentar, aos visitantes, projetos de construção dos matadouros frigoríficos e fomentar o desenvolvimento da Pecuária nas regiões das obras, por meio do Plano ABC Tocantins”, enfatizou.

Extensão

As palestras do Circuito de Pecuária Sustentável serão apresentadas em Palmas na quinta-feira, 26; e em Paraíso do Tocantins, na sexta-feira, 27. Em junho, o projeto ocorre em Campos Lindos e Araguaína. Todas as palestras são certificadas.

Compartilhe esta notícia